Cuiabá, quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 - 21:40:10   
Política
18/10/2013 15:09:29

Pedro Taques dá "bolo" em encontro do DEM e irrita militância de MT


A ausência do senador José Pedro Taques (PDT) no Encontro Estadual do Democratas, na manhã desta sexta-feira (18/10), no Centro de Eventos do Pantanal, só não foi sinal de enfraquecimento da legenda porque o auditório para 448 pessoas sentadas recebeu pelo menos 600. “É como alguém me fazer uma festa, em minha homenagem. E eu decidir não comparecer”, argumenta o prefeito Érico Piana (DEM), de Primavera do leste, sem citar Pedro Taques.

Diante da escassez de aplausos quando o vereador Advair Cabral, líder do PDT na Câmara de Cuiabá, foi anunciado pelo cerimonial como representante de Taques, o presidente estadual do DEM, deputado federal Júlio Campos, se apressou em assumir as rédeas do evento. “Estamos juntos: DEM, PDT, PSB, PSDB e PPS em busca de um projeto melhor para Mato Grosso”, cita Júlio, ao lembrar que o senador pedetista é a melhor alternativa para derrotar “o grupo que está aí” há 12 anos.

Júlio Campos não quis falar da ausência de Taques e preferiu enaltecer a presença do presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia (RN), e do líder do partido no Congresso, deputado goiano Ronaldo Caiado, além de 12 prefeitos mato-grossenses, nove vices e mais de 100 vereadores. “Em 2014, vamos eleger pelo menos um ou dois deputados federais e cinco estaduais”, pontua Júlio.
Agripino Maia foi curto e grosso. “Se o senador Taques deseja o DEM em seu palanque, terá de abrir a vaga para o Senado, então, à reeleição do senador Jayme Campos”, argumenta Maia.

O deputado federal Ronaldo Caiado disse que o DEM está vivo e que prova disso é a grandeza do encontro desta sexta-feira. “O nosso partido tem discurso. Tem líderes e tem condições de avançar na ocupação de espaços na vida pública de Mato grosso e do Brasil”, justifica Caiado.



Além de Adevair Cabral representando o PDT, também estivera presentes o presidente do PSDB de Cuiabá, deputado Carlos Avalone Júnior; o presidetne estadual do Partido Solidariedade, deputado Daltinho Freitas.

Todos os pronunciamentos foram em direção ao fortalecimento do palanque para o presidenciável Aécio Neves, senador por Minas Gerais, que deve agregar a maioria da oposição ao governo Dilma Rousseff.

A prefeita Sandra Martins, de Guarantã do Norte, esperava que Pedro Taques concedesse audiência em separado, para os prefeitos. "Realmente a ausência dele é uma pena", argumenta ela, que percorreu quase mil quilômetros para ver o seu pré-candidato a governador.

fonte:olhardireto

Rufe o bombo você também:

Nome:  

Email:     

Rufada (comentário):  

Digite o código: 

 

 

Rufadas (comentários):




Arquivo de notícias
12345678910...
Morte no lago do Manso 17/12/2014 21:20:26Cotidiano Leia mais >
Fim de Governo 17/12/2014 19:06:41Política Leia mais >
Que Mico 17/12/2014 18:56:04Cotidiano Leia mais >
Vaga no TCE 17/12/2014 10:50:12Cotidiano Leia mais >
Só na buraqueira 17/12/2014 10:46:02Cotidiano Leia mais >
Renúncia no Senado 17/12/2014 10:39:45Política Leia mais >
Mesa diretora 17/12/2014 10:33:20Política Leia mais >
A bruxa tá solta 17/12/2014 09:50:24Policia Leia mais >
Internado 17/12/2014 09:42:06Política Leia mais >
Vergonhoso senhor governador! 17/12/2014 00:06:00Cotidiano Leia mais >
12345678910...



Rufano Bombo © 2012. Todos os direitos reservados.
Cuiabá MT
Fone +55 65 9245-2504
Desenvolvido por Conexão Websites